domingo, 31 de janeiro de 2016

Checklist Comentado:Janeiro de 2016

Por:Hds

Se você está de férias agora, sorte a sua!

O ano de 2016 começou com a Panini no topo das editoras que mais anunciaram revistas e logo atras dela temos a JBC.Apesar de boa parte dessas edições terem atrasado de dezembro até agora,os títulos mostrados são ótimos e se somarmos aos que já foram prometidos para este ano temos motivos para acreditar que o ano vai ser cheio.

Sem mais conversa,vamos à lista de quadrinhos para janeiro!

DC Comics Coleção de Graphic Novels:Batman O Longo dia das Bruxas(parte 2)formato 17x26cm,154 páginas,capa dura e preço de R$34,99.


Minissérie muito elogiada de Jeff Loeb e Tim Sale publicada pela Panini em 2008.De lá pra cá uma legião de leitores do batman vinham pedindo para que fosse relançada.Jeff Loeb já escreveu coisas boas,mas muito do seu material é fraco ou passável.O longo dia das bruxas é um dos seus pontos altos e merece ser lida,só não sei se vale a pena pagar no total R$70,00 pelo acabamento dos dois volumes.

A revista conta a história do assassino serial que ameaça as principais facções de mafiosos de Gotham e que ataca programando suas ações baseadas em feriados.Se não houver algo mais urgente e essencial do homem-morcego para considerar comprar e se couber no seu orçamento,vale a compra.

DC Comics Coleção de Graphic Novels Superman O Homem de Aço-formato 17x26cm,184 páginas,capa dura e preço de R$34,99.


Ao final de Crise nas Infinitas Terras ninguém menos que John Byrne foi chamado para reformular o Super-Homem e o resultado disso é mostrado aqui nessa encadernação que trás as primeiras histórias da fase.Com desenhos e roteiros de Byrne o herói foi remodelado para o futuro e boa parte do que foi estabelecido nela perdura até hoje.O mundo de Krypton(história aclamada) está entre os arcos escritos por Byrne e talvez a Eaglemoss resolva lançá-la,mesmo não estando na lista de encadernações.

Eden It´s an Endless World 4-formato 13,5x20,5cm,450 páginas e preço de R$39,90.


Até o momento deste texto a JBC não havia divulgado a sinopse de Eden nº 4.Este título chamou a atenção quando foi lançado pela Panini,mesmo num formato ruim e leitura ocidental.E algo que chama a atenção também são as críticas ao estilo estranho de escrever de Hiroki Endou,que não dá pistas de onde o autor quer chegar e se mostra um tanto disperso.Mas Eden tem qualidade e merece uma boa olhada.Isso só não vai acontecer pelo mesmo motivo que não vou poder ler várias outras séries;o custo não encaixa na minha pobre renda mensal.

Hellsing Especial 8-formato 13,5x20,5cm,176 páginas e preço de R$16,50.


Nesta edição Hellsing enfrenta Iscariot.A revista entra na sua reta final.A história gira em torno da família do caçador de vampiros que fundou uma ordem protestante e combate criaturas sobrenaturais.Hellsing é um dos poucos mangás de terror em bancas atualmente.E sua violência e ação o tornam interessante,pelo menos para uma boa olhada.

Parasyte 5-formato 13,5x20,5cm,232 páginas e preço de R$16,90.


Parasyte é uma série de mangás curta de apenas 10 volumes.Conta a história de Shinicho Uzumi um rapaz comum que acaba hospedando uma criatura alienígena que modifica seu corpo numa bizarra
simbiose.O simbionte obriga suas vítimas a comer carne humana para sobreviver,o que leva Uzumi a reconsiderar suas convicções humanas.A impressão que tenho é que os japoneses não tem lá muita noção do que é cabível ou não de se por numa hq acabam criando tramas grotescas desse tipo.Parasyte é visualmente escroto.Não posso dizer nada sobre a qualidade dos roteiros,mas com um plot desses talvez seja melhor ler algo menos anormal.

Terra Formars 7-formato 13,5x20,5cm,210 páginas e preço de R$14,90.


Outro mangá com um conceito estranho.Em 2599 Marte já se encontra em fase de colonização e quando uma equipe de astronautas é enviada para sua superfície encontra lá uma raça de humanoides modificados com aparência e capacidades de baratas.Uma nova equipe de humanos com poderes de insetos é enviada para marte para combatê-los.Disputa de poderes entre humanos com poderes de insetos e baratas mutantes?Acho que se acabaram as boas ideias!De qualquer modo a história tem ação e lutas o suficiente para manter os fans de mangá entretidos.Eu prefiro garimpar algo mais pé no chão.

B.P.DP Origens 1946-1947 vol.1-formato 17x26cm,316 páginas e preço R$79,90.


Com roteiros do criador,Mike Mignola e Joshua Dysard e desenhos Aul Azaceta,Patric Raynolds,Fábio Moon e Gabriel Bá.Durante a segunda guerra mundial Adolf Hitler,prevendo a derrota alemã,usa de meios ocultistas para desenvolver um projeto de criação de um exército de vampiros conservados numa câmara secreta.

Hellboy é um dos personagens que mais gosto fora dos grandes universos de DC e Marvel,mesmo que às vezes as histórias mostrem uma boa dose de escapismo que lembra  as antigas histórias em quadrinhos.O próprio Hellboy não é um dos tipos mais inteligentes que você vai ver por aí.Ele costuma resolver os problemas mais com os punhos do que com pesquisa e treinamento,mas em algumas passagens é exatamente esse defeito dele que o torna engraçado e espontâneo.

Esse quadrinho merecia ser lançado cronologicamente e num formato barato para que os novos leitores pudessem aproveitá-lo.Revistas de terror são raras dentro do mainstream e o clima pesado e escuro dos desenhos de Mike Mignola fazem falta.A Mythos não está interessada em popularizar e agilizar sua presença nas bancas,o que acaba sendo um belo desperdício.

Ah!E antes que eu me esqueça;o preço da encadernação é uma verdadeira punhalada(ou machadada...)no bolso do leitor brasileiro.Como de costume na Mythos.

Juiz Dredd Guerra Total-formato 20,5x27,5cm,76 páginas e preço de R$10,90.


Esta edição foi citada num post anterior em que dei minha opinião sobre a linha editorial da Mythos e reforcei a crítica a sua total falta de vergonha em publicar quadrinhos dessa maneira.Talvez a recepção baixa que o título teve tenha ensinado uma pequena(mas não definitiva)lição à Mythos;os leitores devem ler seus quadrinhos editados do modo que bem quiserem e não do jeito que ela quer.O Juiz Dredd deveria sair desde o começo com histórias clássicas de John Wagner e Carlos Ezquerra e depois a fase de Alan Grant ENCADERNADAS!E não jogadas à esmo dentro de uma edição mix feita para "economizar" fazes boas.

Mas no entanto a editora insiste em encarecer todos os seus quadrinhos.
A última coisa que uma editora como essa pode afirmar é que tem em mente ampliar sua margem no mercado nacional,pois é óbvio que numa crise descomunal em que o país se encontra,vender um produto não-essencial ao consumidor com preços estratosféricos é um verdadeiro tiro pela   culatra.Sendo assim,tomara que a Mythos acabe se matando com os próprios tiros!

Multiverso DC nº8-formato 17x26cm136 páginas e preço de R$16,40.


O novo Superman e o velho Batman continuam enfrentando apokolipse,mas devido ao avanço do inimigo devem apelar agora para um ataque suicida contra Darkside.Além disso uma história com Vandal Savage e a origem da Caçadora.

Multiverso DC continua com sua trama tão complicada quanto montar um quebra-cabeça de 500 peças com os olhos vendados.Como nem todas elas são escritas por Grant Morrison é possível que os leitores entendam boa parte delas.Mas ainda é irritante o modo como as sagas da DC deixam uma impressão de confusão e progressão narrativa bagunçada.Eu desisti de fingir que consigo entender e aguentar toda essa salada temporal e preferi comprar revistas com histórias mais coerentes.

V de Vingança Edição Especial-formato 17x26cm,capa dura,308 páginas e preço de R$69,00.


Após sofrer abusos num campo de concentração de uma inglaterra totalitária,um desconhecido arma um plano para destruir o governo e instaurar uma anarquia.Fazendo uso da figura de Guy Fawkes,esconde sua identidade para promover ataques contra o mesmo regime que destruiu a sua liberdade

Você consegue adivinhar o que a Bíblia e V de Vingança tem em comum?Ambas serão publicadas até o infinito!Então temos mais uma reedição da saga do terrorista(não sei se você sabe,mas explodir as casas do parlamento e matar pessoas não é o mesmo que sair pra tomar um sorvete na rua.Isso é crime!)mais popular do mundo.Uma história emocionante que nos fez pensar sobre a liberdade humana e também fez com que milhões de babacas espalhados pelo mundo comprassem a mesma máscara achando que estavam sendo muito criativos.Só que não...

Eight:Forasteiro-formato 17x26cm,128 páginas e preço de R$26,90


Eight é um quadrinho feito por Rafael Albuquerque e Mike Johnson em parceria com a Panini e o Stout Club.Conta a história de um "crononauta" chamado Joshua que se está perdido numa dimensão estranha.

Pra saber sobre a qualidade da revista só lendo,mas é difícil saber quando uma edição feita por brasileiros é boa ou está somente sendo recoberta de elogios rasgados por adulação.Sabe como é,para alguns artistas nacionais bajulação é tão necessária quanto o oxigênio que respiram.Como disse não posso avaliá-la,mas admito que escolher um tema de ficção espacial foi um acerto logo de cara.

Hora de Aventura Edição Matemática-formato 17x26cm,140 páginas e preço de R$23,90.


Com o fim da década de 90 os estúdios aparentemente se esqueceram como fazer desenhos engraçados para crianças e puseram verdadeiras porcarias para exibir nas tvs.Desenhos esquisitos com diálogos saídos da boca de crianças que mais pareciam velhos chatos reclamando. Histórias controladinhas e pedantes.Qual não foi a minha surpresa ao dar chance a um desenho com estilo simples e colorido do qual ouvia falar o tempo todo,mas nunca tinha visto sequer um episódio:Hora de Aventura.

Humor absurdamente nonsense,tramas rápidas cheias de lutas e aventuras,personagens carismáticos(o rei gelado é a melhor figura de tarado desde o mestre Kame!),total desprendimento do politicamente correto e piadas sobre flatulência.Isso tudo me fez crer que há salvação para as crianças que vão crescer vendo essa pérola em meio a tantas animações certinhas e enfadonhas.Finn e Jake são a melhor dupla dos cartoons em mais de uma década!

A Panini vem lançando várias dessas histórias no Brasil e esta é uma boa oportunidade para os pais apresentarem a leitura de quadrinhos para seus filhos.O único problema é o preço que poderia ser mais baixo,do jeito que está vai acabar afastando o público infantil.

20th Century Boys nº20-formato 13,7x20cm,208 páginas e preço de R$12,90.


O mangá de Naoki Urasawa conta a história de um grupo de garotos que se reuniam para se divertir durante a infância.Depois de muito tempo um dos integrantes se torna um líder de culto religioso que
prega a morte da população da terra.Os garotos,hoje já adultos e vivendo suas vidas comuns,reconhecem algo de familiar no "Amigo",o fanático recrutador e resolvem se unir para detê-lo.

Urasawa tem fama de ser um bom mangaká e já produziu obras premiadas como Monster(iniciada pela Conrad e interrompida.Depois iniciada pela Panini e concluída)e não seria novidade se esta história me agradasse pelo seu apelo ficcional.Os desenhos do autor são mais contidos,sem tantos exageros e caricaturizações típicas dos japoneses.Infelizmente ainda não li nenhum de seus mangás,mas acredito que este quadrinho se destaque entre outros.20th Century Boys está perto de terminar e não poderia deixar de citá-la.Tomara que o fato de ter duas de suas obras finalizadas no Brasil faça com que Urasawa permita que mais material de sua autoria chegue aqui.

Como havia dito acima a Panini atrasou diversos títulos de dezembro até aqui e a Marvel ficou de fora do checklist deste mês.Caso a editora venha atualizar sua lista de lançamentos eu os incluirei no post.O checklist comentado deste mês acabou ficando curto,mas ainda assim obrigado a quem leu.Até o próximo!

Fontes:Universohq,Hotsite Panini e Guia dos Quadrinhos.

































































Nenhum comentário:

Postar um comentário