sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Mais anúncios de encadernados da Panini e uma ótima notícia para os leitores antigos da Vertigo

Por:Hds.


Desde a última edição da Fest Comix 2015,a panini através de seus editores e canais de divulgação online vem trazendo novidades e relançamentos,mais dois títulos importantes foram anunciados.

Sandman Prelúdio



O grande retorno de Neil Gaiman ao personagem que ele mesmo reformulou.A história vai contar a origem de Morpheus e provavelmente se aproximar da resposta sobre;o que antecedeu o momento em que o perpétuo foi aprisionado.Desde que foi anunciada,a série sofreu diversos atrasos e somente agora será concluída nos EUA.Aqui no brasil ela sairá em 3 encadernações.Um evidente ponto a favor,logo de cara,é o fato da série ser desenhada pelo excelente J. H. Williams III.Nota-se que os traços estão ótimos e mesmo não seguindo a linha Charles Vess estão bastante condizentes com o estilo de Sandman.

A editora Panini(que costuma ser amplamente esculachada neste blog)acertou em cheio trazendo um quadrinho extremamente aguardado com qualidade e preços acessíveis;formato 18,5x27,5cm,56 páginas,capa dura e preço de R$21,90.Com certeza uma compra garantida para este final de ano.

Patrulha do Destino



Se existe algo que os leitores mais novos nunca conseguirão entender é a angústia que a espera por essa fase da Patrulha do Destino provocou até hoje.Grant Morrison e Richard Case inauguraram uma nova fase totalmente diferente da patrulha,que durou da edição nº19 até a nº63 passada entre 1989 e 1993.

Naquela época a editora Abril detinha os direitos de publicação do universo DC,incluindo títulos de sua nova linha;a Vertigo.Desgraçadamente a Abril nunca demonstrou o menor interesse em lançá-la.Também não havia naquela época a chance de se manifestar a favor da revista,pois o único meio de contato com a editora era via cartas(que eram sumariamente ignoradas pela Abril,essa foi a era das trevas da comunicação pré-internet!).Eram outros tempos em que uma editora que não julgava um quadrinho bom o suficiente,poderia simplesmente "removê-lo" apagando e retocando quadros para excluir a presença de certos personagens ali.Afastando dúvidas "indesejáveis" vindas dos leitores nas sessões de cartas.

Com o fim da revista Vertigo da Abril(supostamente cancelada por conter violência e sexo inadequadamente.Pra mim,pura conversa fiada!)a editora Metal Pesado(esta sim empenhada em publicar a linha no brasil!)trouxe em março de 1997 a primeira edição do grupo.Posteriormente acabou mudando de nome para Tudo em Quadrinhos.Seus títulos pela Vertigo não duraram muito e com isso essas histórias ficaram um longo e deseperador período sem publicação(a última vez que foram vistas em bancas foi em julho de 1999!Há 16 anos!

Mas agora a Panini tem a oportunidade de corrigir essa verdadeira injustiça no histórico da Vertigo no país e se tudo sair como programado a série vai sair em 6 volumes.O mais curioso sobre esta fase do autor Grant Morrison é que ela foi tida como confusa pelos críticos.Pra mim,muito mais confusas são as atuais fases dele,em que não conseguimos entender onde o autor quer nos levar com tantas experimentações e bizarrices mal-aplicadas dentro da cronologia.Quando um sujeito não se faz entender com histórias de personagens simples com motivações altruístas(como são os super-heróis),é por que algo está muito errado!

Teremos então Morrison em sua fase "legível",desenhos de Richard Case que se adequam às esquisitices das tramas e as maravilhosas capas de Simon Bisley.Que venha junto com o Homem-Animal dando início à recuperação de séries que jamais tiveram um destino favorável em bancas brasileiras como:Chade-O Homem-Mutável de Peter Milligan,Livros da Magia de John Ney Rieber,Hitman de Garth Ennis,Starman de James Robinson e etc...

Fontes:Terra Zero,UniversoHQ e Guia dos quadrinhos.




























Nenhum comentário:

Postar um comentário