domingo, 18 de outubro de 2015

Checklist Comentado: Outubro de 2015

Por:Hds


Mais um mês e mais um checklist comentado.Apesar da quantidade de revistas nas bancas e comic shops estamos num momento terrível para gastar dinheiro com itens supérfluos como quadrinhos.E por isso mesmo escolher bem o que comprar,com consciência,e levando em conta o custo benefício é essencial.Ainda que a situação seja propícia para cautela,não podemos abrir mão da leitura.Sendo assim,vamos aos títulos de outubro.Lembrando que a escolha dos mesmos é feita com base nos meus próprios critérios de relevância.

Gen-Pés Descalços volumes 8 e 9:formato 14x21cm,264 páginas e preço de R$29,00.


Quando li o primeiro volume de Gen há alguns anos atrás(da 1º série da Conrad)fiquei impressionado com a linguagem crua do autor Keiji Nakazawa.Tudo ali estava retratado da forma mais banal,sem omitir até os momentos mais grotescos da queda da bomba de Hiroshima.Apesar de não ter lido mais do que o início da história,é fácil perceber seu peso e seriedade.

Somente fico curioso se o autor do mangá teve a sagacidade de incluir em seus textos uma ressalva pelo fato de o próprio lançamento da bomba ter sido justamente o que evitou um número maior de mortes.Dito isso,não é difícil constatar que Gen foi efusivamente elogiada por outros quadrinhistas de sucesso como Art Spiegelman e Robert Crumb(não por coincidência dois dos maiores escritores de histórias "pé no chão" e repletas de choradeiras sociais)


A editora Conrad(cujo nome vem normalmente antecedido de "falecida")que não publica mais quase nada interessante no mercado,ao menos conseguiu a façanha(dado o histórico desastroso da editora quando o assunto é cancelamento)de avançar na publicação da série até o penúltimo volume.Agora é torcer(e muito!)para que ela conclua sem demais tropeços.

Kurt Cobain-Quando eu era um alien:formato 23x30cm,96 páginas e preço de R$39,90.

Ora vejam só!Dois lançamentos da Conrad num só mês!Cuidado para não dar caimbras!
Sempre tive a impressão de que biografias funcionam melhor em quadrinhos do que em livros,ou pelo menos parecem mais contundentes.O quadrinho vai contar a história do líder do Nirvana na época em que era uma criança deslocada e vivia com sua família em meio a conflitos.Geralmente histórias reais da vida de algum artista são ragadas à condescendência barata e drama cuidadosamente aplicado para eximir de culpa os mesmos.No caso de Cobain não seria novidade,já que o sujeito foi um maníaco depressivo,mas acaba normalmente sendo idolatrado exatamente por esse motivo.

Talvez tenhamos uma boa retratação da vida do cantor,que apesar de talentoso(não se enganem,tenho dois discos da banda na minha coleção)tinha a auto-estima de uma garotinha sardenta de 6 anos de idade e inaugurou a vertente mais cabisbaixa do rock n' roll em seus mais de 50 anos de história no século XX.Fica a dica para quem é fã dos dons(e quem sabe também dos defeitos)de uma das figuras mais influentes da música.

Criminosos do Sexo-Uma estranha habilidade:formato 19x28cm,capa dura,136páginas e "precinho devir" de R$64,90.

Uma dica:não tente procurar o nome dessa revista no Google Imagem sem o nome da editora ao lado!
Ah!a editora Devir...O que seria dos leitores de quadrinhos no Brasil sem ela?Provavelmente estaríamos muito bem!Temos aqui uma edição da série do roteirista da Marvel,Matt Fraction da qual até já tinha ouvido falar anteriormente e que agora chegou pelas mãos da editora-ostentação;Devir.

Josie é uma garota normal com uma vida tediosa que ao ter seu primeiro orgasmo descobre que, através dele,tem a capacidade de parar o tempo!(sério,esperem para rir depois de ler a história)Numa de suas relações com um rapaz chamado Jon,descobre que ele também possui o mesmo poder.E com essa sinopse no mínimo tosca temos o ponto de partida da trama.

Como qualquer casal "normal",a partir deste evento,os dois resolvem bancar Bonnie & Clyde e promover assaltos aos bancos que encontrarem pela frente.Reparem que a Devir lançou a edição em formato maior para meio que "justificar" com o acabamento dela.Sabe como é,talvez algum leitor pudesse ficar incomodado com "singelo" trocado de R$64,90  cobrado pelas míseras 136 da edição.Não sou o indivíduo mais conectado do mundo,devo confessar,mas proponho que se adote uma hashtag mais útil que a maioria das asneiras que tenho visto por aí.Que tal lançarmos a campanha #afunda devir?Ah!e quem se aventurar a adquirir esta edição vá logo preparando o estoque de paciência para aguardar pelos outros volumes.Afinal de contas estamos falando da Devir.

DC Comics Coleção de Graphic Novels-Batman Silêncio-parte 1:formato 17x26cm,160 páginas,capa dura e preço(ótimo)de R$9,90.


Esta é a edição que dá início a coleção de 60 volumes da Eaglemoss que promete trazer arcos de histórias relevantes do universo DC e propor uma periodicidade quinzenal a partir do segundo volume.A passagem de Jeff Loeb e Jim Lee pelo Batman conta o caso de um sequestro de um garoto pelo vilão Crocodilo.Batman enfrenta o desafio e descobre que o dinheiro do resgate some e que esse fato está relacionado à Mulher Gato.Esse edição acabou sendo sitada aqui mais pelo fato de ser uma boa pedida para quem gosta dessa fase e também por dar a partida em mais uma bem vinda coleção de encadernados que provam que o mercado de HQs no país ainda não sofreu efeitos tão severos da crise econômica.Pelo menos é o que parece no momento...

Gangsta nº1:formato 13,5x20,5cm,185páginas,periodicidade bimestral e preço de R$13,90


Este mangá parece ser o lançamento mais intrigante da JBC neste mês.Mais um seinen da editora que procura agora variar nos estilos de publicações.Dois mercenários;Nick e Worick atuam na cidade de Ergastulum,uma cidade dominada pelo crime e corrupção.Os dois trabalham para mafiosos executando trabalhos sujos dos mais variados.Até que se veem contratados para combater uma gangue mafiosa com a qual vão ter dificuldades que jamais sonhavam ter.

Hellboy no Inferno volume 1-Descenso:formato 17x26cm,192 páginas,capa dura e preço de R$59,90.

Eu falava sobre editoras "generosas" quanto aos valores cobrados e eis que surge a Mythos com sua famosa (e vagarosa) coleção de encadernados de Hellboy.O personagem começou a ser publicado pela editora em 1998.Teve muitas mini-séries e encadernados (muitos deles repetidos).Algumas edições levaram intervalos de anos para saírem.Tivemos edições com valores exorbitantemente altos como:Hellboy A casa dos Mortos Vivos,que tinha somente 180 páginas e custou R$49,90 ou pior:Hellboy Edição Histórica que custou os mesmos R$49,90 e tinha só 144 páginas.

Imagine se a editora tivesse programado a série para ser lançada como Y O Último Homem por exemplo? (volumes baratos com intervalos curtos e  papel LWC) Com certeza ela teria sido concluída bem mais rápido e custado bem menos.Insisto em ressaltar esse fato,pois o personagem está sendo publicado há 17 ANOS pela Mythos e ainda assim é um dos mais desconhecidos do grande público consumidor (sério,você já ouviu algum dos seus amigos promovendo uma roda de debates sobre quadrinhos em que Hellboy era o tema principal?) E alguém ainda pode pensar que isso não tem a ver com o modo da editora trabalhar?

Cavaleiro da Lua nº1:formato 17x26cm,128 páginas e preço de R$19,90.


Depois dos dois encadernados por Brian Bendis chegou a vez da fase de Warren Ellis.Sobre os detalhes da história eu sei muito pouco.Somente que o cavaleiro da lua teve o seu problema com múltiplas personalidades explorado de maneira criativa pelo autor.Bendis havia feito isso também na fase anterior.Mas pelos previews e análises em sites americanos,aparentemente,é com Ellis que o herói teve seu ponto mais alto.Quanto ao tom das histórias o roteirista colocou o cavaleiro nas mais estranhas situações.Com devaneios,confusões mentais transitando entre suas identidades e eventos potencialmente psicodélicos que tornarão a leitura interessante.Vale uma conferida.

Miracleman nº11:formato 17x26cm,52 páginas e preço de R$7,50.


No último arco de histórias tivemos a conclusão do "embate" entre Miracleman e o doutor Gargunza com o posterior nascimento da filha do herói.Antes mesmo do fim desse arco já era possível notar uma queda na qualidade dos roteiros e principalmente nos desenhos.É no mínimo decepcionante que tenhamos que suportar um decréscimo tão grande no ritmo da história.No começo Garry Leach mostrava desenhos embasbacantes com sua arte detalhada e sombria.Agora temos um Rick Veitch (que nunca foi lá grande coisa) em sua pior fase,com desenhos horríveis e sem a menor desenvoltura.

Não bastece isso,pagar por uma edição cujo material "extra" (lixo inútil colocado lá só pra fazer peso na revista) toma mais da metade da edição.Eu duvido que qualquer leitor mais experiente não se sinta um completo idiota pelo menos uma vez por mês comprando Miracleman pela Panini!A jogada da Panini comprometeu a publicação desta série no Brasil com um misto de chantagem (sabemos que vocês estão aguardando a série por muito tempo,por isso mesmo vamos liberá-la em migalhas para lucrar mais!) e conveniência.O pior de tudo é ter que ouvir vlogueiros imbecis no YouTube implorando de joelhos para que futuramente a Panini lhes ponha no rabo e lance encadernados de luxo como Demolidor Revelado (outra saga esperada que acabou saindo à peso de ouro).

Enquanto pagamos pela manobra mesquinha que se mostrou a série Miracleman pela Panini podemos ficar com cara de idiotas vendo as diversas versões da mesma saga sendo vendidas no site Amazon.com,onde vemos volumes à preço de banana contendo no mínimo 176 páginas por encadernado.Apesar do público ter aceitado bancar a edição (e isso me inclui),o que se espera ao menos é o bom-senso de nem sequer de longe cogitar comprar os encadernados caros que certamente virão depois.

Vinland Saga nº11:formato 13,7x20cm,208 páginas,bimestral e preço de R$13,90.


Thorfinn vinha fugindo de seu passado sangrento como guerreiro viking.Confinado numa fazenda, tendo que trabalhar como escravo e sobreviver para talvez conquistar sua liberdade.Agora sua "tranquilidade" vai chegar ao fim com a notícia de que o reinado de Knut apresenta consequências ameaçadoras.É bom perceber que uma série tão caprichada e atrativa como Vinland Saga voltou aos trilhos depois de uma sequência de histórias um pouco arrastadas.O autor Makoto Yukimura tem um domínio raro dentro do mercado de mangás para contar uma trama bem amarrada e magnética.Deixando o leitor satisfeito sem que sua inteligência seja subestimada.Roteiros de qualidade e desenhos detalhados e paisagísticos colocam esse título acima de vários outros publicados atualmente.E a capa desta edição está espetacular!

Viva A Revolução,Afrodite-Quadrinhos Eróticos,Câmera Indiscreta e Quimeras


Abro um espaço aqui para citar as edições deste mês da editora Veneta,a editora de Rogério de Campos,o incansável editor do entulho imprestável dos quadrinhos de esquerda no Brasil.

Viva A Revolução traz uma compilação de tiras e histórias sobre política e sociedade do autor Robert Crumb.Por vezes engraçado,brilhante e na grande maioria das vezes rabugento,escroto e esquizofrênico.Crumb desfila suas patéticas e enferrujadas ideias sobre a "revolução cultural" e o modo de vida americano.

Afrodite-Quadrinhos Eróticos mostra histórias/charges escritas e desenhadas durante o período do governo militar.São histórias eróticas contadas por diversos artistas no final da década de 70.Esse tipo de material poderia ser muito bom,mas como é de costume nos quadrinhos nacionais acaba descambando para o velho mimimi lamuriento e humor esforçadamente engraçado que acaba em sua maioria passando à quilômetros de arrancar uma boa risada.

Câmera Indiscreta e Quimeras de Milo Manara é,na verdade,a melhor opção para quem quer ler um material descompromissado e livre de todo a carga de lavagem cerebral militante dos títulos citados acima.Histórias distrativas e ilustradas no traço elegante e bonito de Manara são bem mais interessantes  que o pedantismo de temas políticos.Gaste bem o seu dinheiro!

Governos totalitários e Ditadura Militar?Prefira este tipo de "sacanagem" que Milo Manara tem pra mostrar!
Por fim,quero fazer uma nota sobre Sandman-Prelúdio.Eu havia citado essa revista no checklist comentado de setembro mas só consegui adquiri-la ontem (estou lendo enquanto escrevo esse checklist).Pois bem,esta foi a lista de lançamentos escolhida com destaques deste agradável mês de outubro.Até o próximo!

Fontes:UniversoHQ,Guia dos Quadrinhos e Wikipédia.






















Nenhum comentário:

Postar um comentário